fbpx

Como memorizar nomes dos seus clientes

A maior ação de vendas do Brasil

Como memorizar nomes dos seus clientes

agosto 11, 2020 Uncategorized 0
Aprenda 4 técnicas de como memorizar nomes

Um vendedor que faz o atendimento presencial com os clientes da empresa precisa saber como memorizar nomes. Afinal, se o negócio tiver um bom modelo de captação, ele precisará lidar com dezenas de pessoas por semana, talvez mais.

Assim, é perfeitamente normal se confundir e trocar os nomes das pessoas. Normal, mas não desejável. Afinal, se o vendedor erra o nome do cliente que está atendendo, ele diminui bastante as chances de fechar negócio.

Se você tem tido dificuldades nessa área e quer aprender como memorizar nomes dos clientes, siga a leitura do artigo abaixo!

Qual a importância de nunca errar o nome dos clientes?

Confundir o nome de um cliente durante o atendimento é um problema para o vendedor. Afinal, transmite a sensação de que a pessoa não está 100% ali e nem focada em resolver o problema do consumidor.

É claro que essa é uma situação que acontece com todos os vendedores. Quando se atende 10, 12 ou mais clientes por dia, é normal confundir rostos e trocar nomes. 

No entanto, a relação entre cliente e vendedor é assimétrica. Para o cliente, você é o primeiro e único vendedor que ele está vendo. Para o vendedor, o cliente é o 8º ou 9º do dia.

Mesmo em um dia em que o cliente tenha passado por 2 ou 3 lojas antes da sua, ainda assim é uma experiência atípica para ele, enquanto é uma rotina para você.

Desse modo, confundir um nome gera uma sensação ruim com o cliente. Não significa que ele não vá fechar negócio depois disso, mas levanta algumas barreiras que você terá de derrubar.

Por isso, o melhor é prevenir o problema e aprender como memorizar nomes sem dificuldades.

Como memorizar nomes dos seus clientes?

Confira abaixo 4 passos que vão ajudar você a não confundir ou esquecer o nome dos seus clientes.

1. Ouça o nome e repita

A capacidade de lembrar os nomes das pessoas que acabamos de conhecer depende da nossa memória de curto prazo. Ela funciona mais ou menos como a memória RAM que tem no seu computador: ela dá conta das informações necessárias nesse momento, mas depois descarta os dados ou envia esse conteúdo para uma outra área do cérebro onde será melhor armazenada.

Para que não esqueça o nome de quem você está atendendo, é necessário preparar a sua memória de curto prazo e fortalecê-la. Uma forma fácil de fazer isso é ouvir o nome do cliente com muita atenção e repeti-lo em voz alta.

Quando falamos algo em voz alta, enviamos um sinal para a memória de curto prazo segurar essa informação por algum tempo. Nesse caso, fica mais fácil lembrar o nome da pessoa na sua frente.

2. Pergunte a origem do nome

Essa dica é especialmente útil se o nome do cliente for um pouco fora do comum. Na verdade, essa técnica é um recurso que reforça a dica anterior.

Quando você pergunta a origem do nome da pessoa, não só você está demonstrando interesse (o que é sempre positivo em uma venda), como também está fortalecendo aquele conteúdo na sua memória de curto prazo.

Essa dica é particularmente útil porque cria uma história para lastrear a informação na sua memória. As histórias são meios altamente poderosos para transmitir dados e conteúdos. Elas atuam como uma âncora no conteúdo que queremos reter na cabeça, impedindo que ele voe por aí.

3. Crie uma imagem única daquele nome na sua cabeça

Outra técnica que ajuda bastante a fixar o nome do cliente na sua memória de curto prazo é criar uma imagem única e divertida na sua cabeça. A ideia é explorar o poder do simbolismo para dar mais peso à informação.

Por exemplo, imagine que o seu cliente se chama João. Ao autocompletar mentalmente “João, pé de feijão” você cria uma rima sonora que mantém a informação fixa na sua memória.

Para complementar a dica, você pode criar uma imagem visual da pessoa se relacionando com essa âncora desenvolvida. No nosso exemplo, você pode imaginar o João plantando um pé de feijão. Isso ajuda a grudar o nome ao rosto do cliente, o que deixa mais fácil de lembrar depois.

4. Repita, repita e repita

A repetição é um elemento poderosíssimo para fixar um conteúdo na nossa memória de curto prazo. É claro que você não vai sair por aí dizendo o nome do cliente em voz alta o tempo todo, mas tente colocá-lo nas frases com frequência.

O que fazer caso você confunda o nome do cliente?

Usando as dicas que demos acima, você não vai esquecer ou confundir o nome de um cliente tão fácil assim. No entanto, pode ser que aconteça. Nesse caso, o que você faz?

O ideal é entender o que o esquecimento gera no cliente. A primeira impressão é a de que você não está prestando atenção ou não se importa com o atendimento. Isso levantará uma barreira no seu processo de decisão de compra que dificultará o seu fechamento.

O que você deve fazer é, em primeiro lugar, pedir desculpas sinceras pelo engano. Evite minimizar a situação, mas também não a aumente acima do adequado. O pedido de desculpas honesto ajuda a diminuir a barreira do cliente.

Em seguida, aproveite a situação para reforçar que você estava sim prestando atenção ao ressaltar as informações que o cliente passou. Por exemplo, você pode dizer algo como:

  • “Quando você me falou que tem esse problema ou essa necessidade específica, eu me lembrei do Fulano. Ele veio até a gente com a mesma situação e nós o ajudamos com esse produto aqui”.

O que essa fala faz é comunicar subconscientemente ao cliente que sim, você prestou atenção (afinal, você está mencionando as dores dele) e ainda ativa um gatilho mental de prova social ao mencionar um negócio bem-sucedido da sua empresa.

Agora que você já sabe como memorizar nomes, não deverá ter dificuldades para evitar esse tipo de situação em um atendimento e ficará mais fácil de fechar negócios na sua área.

Se você gostou dessas dicas e quer aprender mais para se tornar um vendedor melhor, que tal entrar no grupo do Pregão de Guerra no Telegram? Por lá, compartilhamos dicas e conteúdos exclusivos para aumentar o seu desempenho em vendas!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *