Seguradora de veículos: 8 dicas para o sucesso

Seguradora de veículos: 8 dicas para o sucesso

26/04/2022 Uncategorized 0
Seguradora de veículo

Um dos motivos de uma seguradora de veículos ser tão procurada é que vivemos em um país onde entre janeiro e julho de 2021 foram registrados cerca de 61.469 roubos e furtos de veículos.

Você sabia que de acordo com o DENATRAN, existe 1 veículo para cada 4,4 habitantes? Isso quer dizer que a quantidade de carros não para de crescer em nosso país, atingindo a marca de 45,4 milhões de veículos.

E como eu e você sabemos, quando adquirimos um veículo é imprescindível a escolha por um seguro, afinal, o temor do consumidor em perder seu carro, o leva a procurar diversos tipos de seguro até escolher aquele que mais o agrada.

No entanto, segundo relatório da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNSeg), 70% da frota veicular brasileira circula com o seu carro sem ter um seguro. 

Pensando nisso, me diz… O que será que leva a um percentual tão alto assim?

Será que as seguradoras estão sabendo vender seus produtos e serviços da maneira certa? Pois bem,vou apresentar x dicas para aumentar as vendas da sua seguradora de veículos.

O que é seguro veicular e como funciona?

Nada mais é do que um contrato firmado entre o proprietário do veículo e a seguradora veicular. Ao querer contratar o seguro, é necessário que o proprietário realize o pagamento de uma taxa, essa taxa é equivalente ao valor que será ressarcido em caso de possíveis roubos ou até danos no veículo.

Dentro do contrato do seguro, existe também a franquia, nesse caso, refere-se a uma valor que o contratante paga apenas nos casos que envolva o concerto do próprio veículo, logo, se o dano for de perda total em seu próprio veículo ou qualquer dano em um veículo terceiro, o pagamento da franquia não se faz necessário.

Quanto custa um seguro veicular?

Não existe uma fórmula definitiva para chegar ao valor de um seguro, tudo vai depender de muitos aspectos, como:

  • Quais riscos meu veículo está submetido?
  • Qual o preço do meu veículo na tabela?
  • Quantos anos meu veículo tem?
  • Quanto custa a sua manutenção e reparos?
  • Qual o índice de roubo e sinistralidade ?

É por causa de todos esses aspectos que as seguradoras de veículos fazem uso de questionários extensos e completos, afinal, aquele documento vai trazer todas as informações sobre o veículo, aquelas informações que são indispensáveis para a seguradora.

O que será que diferencia uma seguradora de veículos que está vendendo muito para uma que está tendo um desempenho razoável?

Muitos aspectos podem explicar essa baixa performance e no começo realmente é difícil identificar onde estão os erros e assim planejar uma mudança para aumentar as vendas.

No entanto, cada empresa é única, portanto, as estratégias de vendas podem não necessariamente ter o mesmo desempenho em outras empresas. 

A mesma coisa acontece com os vendedores, cada vendedor tem um perfil único, então o que funciona para alguns pode não necessariamente funcionar para outros. 

Por isso, agora você vai conferir x dicas para aumentar as vendas da sua seguradora de veículos.

1. Falta de confiança

Se os próprios vendedores não acreditam em seu potencial de vendas, como os clientes podem acreditar neles? É preciso desenvolver a autoconfiança e entender que pode haver falhas, sim, mas, sempre haverá aprendizado e correção.

2. Não acredita no produto

Você não confia no produto ou serviço que está vendendo: pode não parecer, mas os clientes vão perceber quando o vendedor “aceitar” a ideia daquele produto ou serviço, e quando uma venda é apenas para venda. Nesse caso, o objetivo da venda de energia não é apenas o ganho financeiro, que não é negociável. 

3. Falta de preparo

Esta característica domina o mercado quando se trata de vendas fracassadas. Assim como ensinar aprendizagem para ensinar uma lição, você precisa pesquisar um produto para vendê-lo. Tornar-se um especialista em benefícios e pontos de melhoria é um grande diferencial que pode permitir que você melhore seu desempenho. 

4. Não conhece os clientes

Como em qualquer relacionamento, vendedores e clientes precisam se comunicar de forma clara e compreensível. 

O vendedor precisa saber ouvir e perguntar ao cliente, quais são suas necessidades e o que ele já tentou que não está dando certo. Dessa forma, o vendedor não corre o risco de oferecer uma solução genérica.

5. Espera os clientes caírem do céu

Quando se trata de encontrar clientes, as pessoas geralmente esperam que ele caia do céu. E sabemos que não é assim que as coisas funcionam, qual a diferença entre o seu negócio e os outros? 

Como você chama a atenção do seu público-alvo para que eles possam comprar de você? Conforme mencionado no tópico anterior, não pesquisar, definir e desenvolver perfis de clientes impactará diretamente no desempenho do seu negócio. Você já ouviu o ditado “um produto para todos, não para todos”? 

Bem, é por isso que você precisa conhecer os perfis dos seus clientes, você precisa saber para quem está vendendo e o que eles procuram. 

Essa estratégia ajudará você a não “perder tempo” e quando souber o que seus clientes procuram, poderá sugerir diretamente soluções para seus problemas.

6. Falta de liberdade

Você não se sente confiante para se posicionar quando necessário, os colegas criticam mais do que ajudam uns aos outros; o ambiente é vazio – sabe a falta de entusiasmo? Então, ela é presença VIP. 

Todo mundo que trabalha lá tem medo de falhar em determinadas tarefas, afinal gestores não aceitam erros, e exigir perfeição e caos faz parte da rotina das pessoas que trabalham neste local. Esses são apenas alguns dos motivos pelos quais sua equipe pode se sentir desmotivada ou insatisfeita. 

Determinar o que está causando sua insatisfação é o primeiro passo para a mudança, e com isso em mente, deixo aqui algumas dicas que podem ajudar a motivar seus vendedores e ajudar seus gestores a mudar a situação.

7. Acelerar a jornada de compra do cliente

Acelerar a compra é algo muito diferente de simplesmente forçar de forma agressiva que a compra seja concluída. 

Às vezes o cliente não está na etapa de compra e forçar uma só fará com que a experiência dele não seja positiva, e no final, a relação entre vendedor/empresa e cliente torna-se inviável.

8. Perder o timing da venda

O vendedor precisa assumir o protagonismo da situação perante o momento da tomada de decisão, é importante ouvir o cliente sim.

Porém, não vale ficar esperando pela iniciativa dele para fechar a compra, então, tome a iniciativa, instigue seu cliente a querer não perder a oportunidade de garantir seu serviço ou programa.

Pregão de guerra é a solução para vendedores baterem metas

Agora que você descobriu as 8 dicas para aumentar as vendas da sua seguradora, chegou o momento de virar a chave e correr por outros caminhos.

Se você não conhece o pregão de guerra, preciso te perguntar por onde você estava andando esse tempo todo?

Então, vou te apresentar! 

O pregão de guerra nada mais é do que um evento que vai te fazer alcançar um sonho que até então você pensava ser impossível: VOCÊ VAI VENDER 1 MÊS EM 1 DIA!

Todo vendedor com certeza já sonhou com isso, e o pregão de guerra criou vida para realizar o SEU SONHO!

Eu poderia listar inúmeros motivos para que você entre em contato conosco AGORA, mas, vou deixar que tire suas próprias conclusões.

Então, vou deixar aqui o nosso site onde você pode ver com seus próprios olhos os depoimentos de alguns clientes nossos que revolucionaram a forma de vender.

Depois disso, vou esperar entrar em contato conosco para nos conhecermos melhor e realizarmos sonhos.